Bem-vindos

Seja bem-vindo ao mais novo blog de sexo da Cidade de Parauapebas-Pará e Fortaleza-CE. Conteúdo diversificado que atende a diversos gostos. Tudo muito prazeroso.

Os conteúdos multimédia disponíveis no Homens & Segredos são disponibilizados livremente na Internet ou cedidos pelos nossos punheteiros, pelo que, não temos qualquer responsabilidade sobre eles. No caso de algum dos elementos ter sido colocado indevidamente, envia-nos o teu pedido e a respetiva justificação para efetuarmos a sua remoção.

Estamos em busca de pessoas que tem interessem em trabalhar connosco na manutenção deste blog. Interessados, entrar em contato.

Amigos

terça-feira

segunda-feira

Cinquentão

Cinquentão sarado mete gostoso no rabo do passivo.

Estou em duvida quem eu preferia ser: o cinquentão maduro super sarado e gostoso, ou o passivo que ta levando essa rola gostosa deste super macho.
Mas acho, que prefiro me cuidar para ter uma vida sadia, o velhice saudável, e quando tiver na casa dos 50 anos, comer muitos cus!

sexta-feira

Militar chupando o amigo

Videos de militares se curtindo são sempre bem deliciosos. Aqueles super machos fardados, másculos, e com outro tipo de arma na mão, ou na boca...

domingo

Pau cabeçudo esporrando

Pau grande sempre foi a paixão de um passivo. Quanto maior o instrumento, mais agua na boca. e quando a rola, alem de grande e cabeçuda; alem de cabeçuda esporra muita gala, qual a reação do outro macho?

sábado

Locked up

Este é o melhor filme de temática gay que já vi. Aborda o tema sem abuso e extravagancias.



Filme excelente!

MEU PRIMO ME CHANTAGEOU PARA ME COMER

Quando eu era mais novo eu tinha uma amizade bem grande com meu primo Rafael.Mesmo sem ter desejos por homens eu achava aquele cara lindo,18 anos, moreno, 1,75m bem malhado de academia.Eu frequentava bastante sua casa onde ele morava com meu tio que viajava a semana toda e so voltava uma vez por mês, por isso eu era sempre convidado pra dormir na casa dele.
Nessas dormidas na casa dele sempre rolava uma sessão de filmes pornos.Eu,muito inocente nunca tinha visto uma gozada e achei muito estranho quando aquele leite branco saiu do pau do ator e foi na boca da mulher do filme.Fiquei muito curioso pra saber o que era aquilo por isso perguntei ao meu primo

-Caraca Rafa, o que e essa coisa branca saindo do caralho daquele cara?
-E “leitinho de macho”.Mulher adora.Olha a cara de feliz dela por ele ter dado leitinho na boca dela
-Então deve ser gostoso ne?
-Provavelmente
Depois desse dia meu primo começou a me chamar com mais frequência pra dormir na casa dele até que uma semana meus pais tiveram que viajar e eu perguntei ao Rafa se eu podia ficar na casa dele por uma semana enquanto meus pais tivessem fora.Ele deixou na hora com um brilho estranho nos olhos que eu não estranhei.

Levei minhas coisas pra casa dele no mesmo dia.A tarde estávamos assistindo porno,ele geralmente juntava as pernas no corpo,uma coisa que eu nunca estranhei,mas nesse dia ele deixou as pernas esticadas aparecendo o volume do seu pau.
Eu não conseguia me concentrar no filme.Ficava toda hora desviando o olhar pra olhar pro pau dele.Ele trocou o filme e colocou um de um cara que comia a mulher na piscina. Só que o pau do cara era muito grosso e custou pra entrar e ele deu uma risada

-Ta rindo por que Rafa?
-Porque o caralho dele e muito grosso e demora pra entrar
-Ela deve ter sentido muita dor.Devia ter chupado antes.
-Se um homem te desse um caralho pra você chupar você chuparia?
Eu,totalmente inocente respondi:
-Sim
Ele me olhou diferente e depois ficava me olhando ate hora da gente dormir.Eu fui tomar banho ele continuou no computador porque ele já tinha tomado banho mais cedo.Quando cheguei no quarto ele tava sem camisa e com um short fino de pijama que parecia bem o caralho dele.Eu me virei e peguei minha roupa por que eu estava só de cueca então peguei meu short e minha camisa na minha mochila, quando eu me levantei e virei percebi que ele estava me olhando e virou rapidamente pro computador e me chamou pra assistir filme com ele.

Me sentei na cadeira ao lado da dele e ele colocou um filme anal.Ele olhava pra tela com uma cara estranha de desejo.Fiquei um pouco desconfortável. Ate que ele deu um gemido:

-Que foi cara?Ta passando mal?
-Não, é por que me deu uma vontade de comer cuzinho safado.
Depois disso continuamos assistindo o filme ate que o cara deu uma super gozada e eu fiquei muito excitado e acho que o Rafa percebeu.
-Lipe (Meu nome é Felipe, mas ele só me chama de Lipe) lembra quando a gente era pequeno e brincava no jardim?
-Lembro sim,por que?
-Porque eu sei de uma brincadeira muito divertida e eu acho que vc vai gostar.Quer brincar comigo?
-Claro,cara.(Eu já era adolescente mas totalmente inocente).
-Mas você não pode contar pra ninguém viu?
-Ok, eu não vou contar
Quando eu disse isso ele pegou minha mão e colocou em cima do pau dele e começou a acariciar.Eu me sentia hipnotizado por ele por aquele pica imensa que crescia na minha mão.
Ele colocou o pau pra fora e eu quase cai de boca naquele caralho imenso,grosso,mais escuro que a pele dele.
-Gostou do meu caralho,Lipe?
-Muito, ele e muito bonito.
-Mas bonito do que os caralhos dos filmes?
-Sim,muito mais bonito.
-Então vamos combinar o seguinte: você faz o que eu te pedir e eu te dou leitinho na boca vai querer?
Nem precisei pensar
-Sim,eu quero
-Então poe ele na sua boca.
Peguei o caralho dele,meio sem jeito,e soquei na boca.Tinha um gosto bom,eu tava adorando e o Rafa gemendo muito.Eu não conseguia colocar mais do que a cabeçona dentro da boca
-Quanto que ele mede?
-22,8 cm
Meu Deus! Pirei no tamanho do pau dele,comecei a chupar como se tivesse vendo o ultimo caralho da Terra. Ele me levantou, me beijou e me pediu pra deitar de 4.
-Agora eu vou comer o seu cuzinho,ok? Vai doer um pouquinho mas não tira e não grita por que senão eu não vou te dar o meu leitinho
Concordei e ele começou a me dedar,me deixando louco
-Me come vai,eu não aguento mais esperar,me come agora
Ele levantou e foi colocando o caralho dele no meu cu. A dor era indescritível,minha vontade era gritar mas eu não podia porque se não eu iria perder o meu leitinho.
Depois que passou a cabeça,a dor diminuiu bastante,e ele começou a bombar forte durante uns 15 minutos então parou e pediu pra que eu ficasse por cima cavalgando no pau dele.Nos viramos e eu praticamente fui ao céu de tao gostoso era aquele caralho e aquele cara.O Rafa também tava gostando e falando sacanagem.

-Vai seu putinho,rebola na minha pica.Eu sempre soube que você gosta disso. Você vai ser meu puto.Rebola vai.Ta gostando da minha pica no seu cu?

O tesão era tanto que eu não aguentava responder.Estava rebolando igual as mulheres dos filmes pornos que a gente assistia.Depois de uns 20 minutos rebolando ele me pediu pra parar,levantou e ficou na minha frente.
-Prepara que agora vou te dar bastante leite.
Ele começou a urrar e soltou muita porra na minha boca.Que delicia!Engoli tudo.Ele me pegou e me beijou.
- Nossa você da o cuzinho muito bem e ainda bebe porra, você é uma delicia.
Rafa me abraçou e fomos dormir,mas a gente curtiu muito a semana que eu fiquei ele transando muito.

Casal fogoso fudendo

Casal de machos super gatos e deliciosos fazendo um sexo muito bom!

sexta-feira

Branquelo safado

Ativo do pau grosso come gostoso.

Magro dotado e de corpo definido gozando

Meu pau em ação

Na ultima quarta-feira estava com tesão enorme, entrei em contato com um passivo que já tinha cumido outras vezes. Não deu outra, o cara topou, e levou pau.
E pela primeira vez registrei uma foda.

quinta-feira

Troca-troca


Eu particularmente acho delicioso um vídeo de amigos fazendo troca-troca. Dá vontade de fazer também.


Gays se chupando e metendo a rola um no outro


domingo

Grupo de Whatzapp: Putaria Homens & Segredos


Esta pagina destina-se aos leitores divulgarem seu numero de Whatsapp, fundando, assim o grupo:
Putaria Homens & Segredos
Envie sms com a seguinte frase: Quero participar do grupo Homens & Segredos!



DEIXEM SEUS NÚMEROS DE ZAP OU SKYPE. IREMOS CRIAR UM GRUPO.



Putaria Homens & Segredos


Amizade, Sexo e Prazer entre homens. Contos, fotos, videos, noticias do mundo adulto. E vá preparando suas fotos, videos, contos, por que estamos aguardando seu material e postar aqui no Blog.

Putaria e muita Punheta.

AGUENTEI UMA PICA DE 26 CM

FATO QUE OCORREU COMIGO FOI QUANDO EU MORAVA NUM ESTADO DO CENTRO-OESTE. BOM VAMOS AOS FATOS .EU TENHO 1,79 ALTURA, 80 KG E CORPO MALHADO DE ACADEMIA. TENHO 36 ANOS. ESTAVA VOLTANDO DA CASA DE UM AMIGO, ERAM 2 HORAS DA MANHA, QUANDO UM CARRO ECO SPORT BRANCO PAROU E O DE REPENTE, ELE ME VIRA DE BRUÇOS E METE A LINGUÁ NO MEU CU. FUI AS NUVENS, ATE ENTÃO NINGUÉM FEZ ISSO COM TANTA MAESTRIA. ELE LITERALMENTE ESTAVA ME FODENDO COM A LINGUÁ. PASSOU UM LUBRIFICANTE EM MEU CUZINHO E NO PAU DELE. SENTI AQUELA CABEÇONA ME RASGANDO; TENTEI FUGIR MAS FUI IMOBILIZADO COM SEU CORPO ENORME. DIZENDO PARA MIM RELAXAR QUE SERIA MUITO CARINHOSO COMIGO. E FOI MESMO! QUANDO AQUELA CABEÇORRA COMEÇOU INVADIR MEU RABO: TIRAVA E COLOCAVA, ATÉ EU RELAXAR POR COMPLETO. COMEÇOU A ME PENETRAR CARINHOSAMENTE, PEDIU PARA EU FICAR DE FRENTE PARA ELE, OLHANDO OS OLHOS. COMEÇOU ME PENETRAR DE FRANGO ASSADO. EU SENTIA UMA SENSAÇÃO QUE ATE ENTÃO EU DESCONHECIA. MEU PAU PARECIA QUE IA ESTOURAR DE TÃO DURO QUE FICOU, COLOCOU MINHAS PERNAS EM SEU OMBRO E COMEÇOU A ME FUDER. QUANDO VIU QUE EU JA ESTAVA ENTREGUE AO PRAZER ENTERROU SUA PICA TODA NO MEU RABO E COMEÇOU ME FODER COM MUITO VIGOR: TIRAVA QUASE TODO O PAU PRA FORA E ENTERRAVA TUDO NOVAMENTE, ENQUANTO ME BEIJAVA NA BOCA VORAZMENTE. FICAMOS ASSIM POR MAIS OU MENOS UNS VINTE MINUTOS ATÉ QUE GOZEI COMO NUNCA TINHA GOZADO NA MINHA VIDA.  FIQUEI MOLE, DE PERNAS BAMBAS E ELE ME FODENDO FRENETICAMENTE. EU DE OLHOS FECHADOS, ERA PURO ÊXTASE ATE QUE ELE ANUNCIOU QUE IRIA GOZAR. SENTI OS JATOS FORTES INVADINDO MEU RABO: GOZOU TANTO E CONTINUOU METENDO QUE A PORRA SAIA PELAS LATERAIS DO MEU CU. RUY ERA TARADO MESMO, MESMO GOZANDO SEU PAU NÃO FICAVA MOLE. SENTOU NO SOFÁ E PEDIU PARA EU COLOCAR MINHA CABEÇA EM SEU COLO. ACARICIOU MEUS CABELOS DIZENDO QUE EU ERA O BRANQUINHO MAIS GOSTOSO QUE ELE TRANSOU NA VIDA. EU NÃO DISSE NADA POIS ESTAVA EXAUSTO E CURTINDO SEUS CARINHOS. É MUITO GOSTOSO FICAR COM UM HOMEM DE VERDADE, MÁSCULO E CARINHOSO. SEU PAU CONTINUAVA DURO FEITO PEDRA. FIQUEI ACARICIANDO AQUELA TORA QUE TANTO PRAZER TINHA ME PROPORCIONADO. ELE COLOCOU UMA MUSICA SUAVE E FOMOS TOMAR BANHO. RUY ME ENSABOOU E ME DEU UM BANHO FABULOSO. EU ESTAVA COMPLETAMENTE ENTREGUE AQUELE MACHO. NUNCA NINGUÉM ME TRATOU COM TANTO CARINHO E DEDICAÇÃO, ME AGRADECEU POR LHE PROPORCIONAR TAMANHO PRAZER E DISSE QUE SUA ESPOSA NUNCA QUIS DAR O CUZINHO PRA ELE. NO SEU CASO ERA DIFÍCIL ELE SAIR COM ALGUÉM POR QUE ERA MUITO RESERVADO. ELE ESTAVA DE PAU DURO DE NOVO E PEDIU PARA EU FAZER ORAL NELE, NEM PENSEI DUAS VEZES, ESTAVA COM AQUELE PAU GIGANTE NA BOCA E ESCUTANDO MARIA BHETANIA. ME VIROU DE COSTAS PRA ELE E PASSOU CREME DE CONDICIONADOR NO MEU RABO E ENFIOU AQUELA TORA DE NOVO COM CARINHO. SENTIU QUE EU JA ESTAVA RELAXADO NOVAMENTE COMEÇOU UM VAI E VEM FRENÉTICO. FUI ENRABADO ESCUTANDO UMA DAS MELHORES CANTORAS DO MUNDO. QUANDO DE REPENTE RUY TIRA O SEU PAU RAPIDAMENTE DO MEU RABO,VIREI PRA OLHAR O QUE ACONTECEU,VI UM MORENO DE MAIS OU MENOS 20 ANOS OLHANDO MEIO QUE CONFUSO PARA NÓS. RUY CORREU PARA EXPLICAR PARA AQUELE MORENO, MAS ELE DISSE QUE NÃO TINHA EXPLICAÇÃO E IRIA CONTAR TUDO PRA SUA IRMÃ. O MORENO SE CHAMAVA JOÃO E ERA IRMÃO DA ESPOSA DO RUY. RUY FALOU PRA ELE QUE SE ELE CONTASSE SUA IRMÃ IA SEPARAR DELE E O CASAMENTO DE 16 ANOS ACABARIA POR CAUSA DELE. ELE PENSOU E DISSE PARA RUY: OK, NÃO CONTO NADA, MAS TEM UMA CONDIÇÃO. QUAL? - DISSE RUY. QUERO FUDER ESSE RABINHO BRANCO TAMBÉM. NEM PENSAR. FUI LOGO COLOCANDO MINHA ROUPA. TUDO BEM. SEGUNDA-FEIRA MINHA IRMÃ VAI SABER DE TUDO - JOÃO DISSE. RUY OLHOU PARA MIM COMO QUE IMPLORANDO PARA ACEITAR. EU NÃO PODERIA DEIXAR O HOMEM QUE ME TRATOU TÃO BEM PAGAR O PREÇO DO NOSSO ENCONTRO SOZINHO. MAL ACABEI DE FALAR, JOÃO COLOCOU O PAU PRA FORA DA CALÇA, ERA UM PAU DE MAIS OU MENOS 18 CM. CHUPEI AQUELE PAU COM MUITA MAESTRIA E VOLÚPIA. JOÃO ABAIXOU MINHA CUECA COLOCOU UMA CAMISINHA QUE ESTAVA EM SUA CARTEIRA E METEU DE UMA VEZ NO MEU CÚ. DOEU UM POUCO, MAS PRA QUEM JA TINHA DADO PARA O RUY TIREI DE LETRA; EM UNS CINCO MINUTOS METENDO, JOÃO GOZOU. AGRADECEU A FODA E DISSE PARA O RUY: CARA EU JAMAIS CONTARIA PRA MINHA IRMA A CENA QUE VI AQUI HOJE. SÓ FIZ A CHANTAGEM POR QUE TAVA LOUCO DE TESÃO VENDO A FODA DE VOCÊS. VALEU! PODEM FICAR A VONTADE POR QUE EU TENHO QUE IR PRA MINHA CASA. SÓ VIM AQUI POR QUE MINHA IRMA PEDIU PRA MIM COLOCAR COMIDA PRO CACHORRO ACREDITANDO QUE VOCÊ ESTARIA AQUI SÓ AMANHA. DE BOA! ESSE SERA UM SEGREDO SÓ NOSSO. DESPEDIU-SE E FOI. TOMEI OUTRO BANHO ENQUANTO RUY ESTAVA PENSATIVO NA SALA, CHEGUEI DEI UM BEIJO NELE. ELE ME PEGOU NO COLO, ME PEDIU DESCULPA PELO ACONTECIDO. DISSE A ELE QUE ESTAVA TUDO BEM E QUE DEVERIA ESQUECER AQUELE CONTRATEMPO. CHUPEI MAIS UMA VEZ O PAU DELE ATE GOZAR NA MINHA BOCA; ENGOLI TODA SUA PORRA. TROCAMOS TELEFONES E ELE ME LEVOU ATE O POSTO DE GASOLINA ONDE TINHA DEIXADO MINHA MOTO. FOMOS AMIGOS E AMANTES DURANTE 12 ANOS, MAS POR FORÇA DO DESTINO E MUDANÇA DE PROFISSÃO TIVE QUE VIR EMBORA. AH! E QUANTO AO JOÃO ENCONTREI ELE OUTRAS VEZES EM REUNIÕES DE AMIGOS E CONFRATERNIZAÇÕES QUE EU E RUY ÍAMOS JUNTOS. NUNCA MAS ELE TOCOU NO ASSUNTO E NUNCA FALOU NADA PRA NINGUÉM. SINTO MUITA FALTA DO MEU NEGÃO,QUE ME TRATAVA COM MUITO AMOR, CARINHO, E ME FODIA INCANSAVELMENTE. ELE ME VISITA TRÊS VEZES AO ANO E EU VOU VISITA-LO UMA VEZ AO ANO. MAS É POUCO ELE ME ACOSTUMOU A TRANSAR DIARIAMENTE. E AGORA TENHO QUE ME CONTENTAR A MAIOR PARTE DO ANO COM AS PUNHETAS.
MOTORISTA PERGUNTOU SE EU ESTAVA DANDO UMAS VOLTAS. ̶ SIM, ESTOU INDO PARA CASA. NISSO ELE ME PERGUNTA SE EU ACEITO UMA CARONA. ACEITEI, MESMO SABENDO QUE ELE ESTAVA INDO EM DIREÇÃO OPOSTA DE MINHA CASA. QUANDO ENTREI NO CARRO ELE ESTAVA SEM CAMISA E COM UM SHORTINHO DE JOGADOR SEM CUECA QUE EU REPAREI NA HORA POR QUE O VOLUME EM SEU SHORTS ERA DESCOMUNAL. O NOME DELE ERA RUY. APARENTAVA TER UNS 45 ANOS DE IDADE,NEGRO MUITO BONITO 1,97m e 90kg BEM DISTRIBUÍDOS. RUY ERA CASADO, 3 FILHOS. ME CONVIDOU PARA CONHECER SEU APARTAMENTO, POIS SUA ESPOSA E FILHOS ESTAVAM VIAJANDO PARA O NORDESTE. ACEITEI COM UM CERTO RECEIO POR QUE SABIA QUE ELE QUERIA ME COMER E EU NÃO ESTAVA ACOSTUMADO A DAR. EU NÃO ERA VIRGEM MAS, MAS SÓ TINHA TRANSADO PASSIVO COM MEU AMIGO J V (QUE TEM 13 CM DE PAU E FINO). CHEGAMOS EM SEU APÊ. ERA PEQUENO, MAS BEM ARRUMADO. FECHANDO A PORTA ELE LOGOU ME DEU UM BEIJO. NUNCA ALGUÉM TINHA ME BEIJADO. TIROU MINHA ROUPA NUMA VELOCIDADE INCRÍVEL, TIROU SEU SHORT E METEU O CACETE ENORME NA MINHA BOCA, MAL EU CONSEGUIA COLOCAR A CABEÇA DAQUELE PAU NA BOCA, EU ESTAVA ASSIM, MEIO QUE ANESTESIADO, NÃO ACREDITAVA AINDA QUE EU ESTAVA CHUPANDO UM PAU MONSTRUOSO E AQUELE NEGÃO ESTAVA MORRENDO DE DESEJO POR MIM.

DANDO ABRIGO AO POLICIAL

Há alguns anos atrás, eu trabalhava num restaurante na Zona Sul de São Paulo.Como estes estabelecimentos costumam encerrar seus expedientes bem tarde, era comum eu sair do serviço depois das duas da manhã.Como eu não possuía carro, precisava tomar um ônibus, que rodava a noite toda, para dormir na casa de um amigo, que morava num bairro próximo, já que não há ônibus a noite toda para o bairro onde moro.Eu fazia toda noite este mesmo percurso, do serviço para a casa do meu amigo, onde eu dormia, e de manhã, tomava o rumo de casa…
Mesmo tentando evitar a rotina, até para não ficar vulnerável a assaltos, quase sem querer passei a pegar o ônibus no mesmo horário todos os dias. Depois de um certo tempo fazendo este caminho, mais uma pessoa começou a tomar o mesmo ônibus que nós: Um policial, que aparentava ter um pouco mais de vinte e cinco anos. Ele era bem claro, um pouco menor que eu. Nariz bem feito, olhos negros, grossas sobrancelhas, fartos cílios, e vários pontos pretos de barba por nascer em seu rosto, que o deixavam bem rude… Além de ter braços fortes e peludos.
Além disso tudo, tinha um volume impressionante entre as pernas. Talvez esse volume era por causa do uniforme ou por causa de sua postura de homem mau. Talvez fosse até por causa do tamanho do saco, ou mesmo por causa do meu sono naqueles horários, que me fazia sonhar acordado… Nunca fui de alimentar fetches por policiais. Na minha cabeça, eles sempre me pareceram tão ou mais cruéis que qualquer bandido… Eu acreditava que todos eles seriam estúpidos, traiçoeiros e cheios de si, o que me impedia de ter coragem de arriscar com estes caras… Logo nesta primeira viagem que eu fiz com este policial em questão, tentei evitar olhar pra ele, pra não entrar em fria. Mas o policial era muito interessante pro meu gosto, eu o considerava bonito. Ele sorria o tempo todo, conversava com o motorista, com o cobrador… Surpreendiam-me as atitudes dele, parecia até ser simpático o tal rapaz…
A casa do meu amigo não era muito distante de onde eu trabalhava, portanto, em menos de dez minutos, dei o sinal para descer.O policial desceu no mesmo ponto que eu.Aquilo me deu medo. Tinha medo de que o policial resolvesse encrencar comigo, ele podia ter percebido meus olhares. Mas confesso que, no fundo, tinha a esperança de que ele tivesse muito a fim de dar uma boa trepada…Mas preferi não pensar nisto. Afinal, a vida não é um conto erótico, e a maioria dos caras é heterossexual.
Alguns metros depois do ponto, quase tremendo, eu entrei na casa do meu amigo, e o policial nem sequer olhou pra mim.Senti-me aliviado, embora ele não tenha realizado minha fantasia de transar com ele, pelo menos não me agrediu. Mas senti-me frustrado, também não quis trepar comigo…Em muitas outras noites, a cena se repetiu, embora ele não aparecesse no ônibus todo dia…Ele sempre descia no mesmo ponto que eu, e eu nem sequer sonhava se ele estava indo pra casa ou pro batalhão…Quase um mês depois, assim que descemos no mesmo ponto, habituado a me ver com freqüencia ele puxou assunto:
- Trabalhar até tarde é foda, né não?
– É… – Concordei. Se pra mim já é foda, imagino pra você que é policial, ficar andando sozinho de ônibus, no meio da rua, uniformizado, deve ser embaçado.- Eu moro ali em frente.
Do batalhão até aqui é rapidinho, nem vale a pena ficar estressando…Eu já estava chegando na casa do meu amigo, e imaginando: Pô caramba, este guardinha é gostoso pra caralho! Bem que eu queria inventar uma desculpa e pedir pra ele entrar.Mas eu já estava tão conformado com a idéia de que estas coisas só rolam na imaginação, que não via a hora de chegar em casa e me acabar na punheta pensando nele. Foi quando ele falou:- Puta merda! Meu, saí tão desesperado da delegacia pra não perder o ônibus, que esqueci a chave de casa! Deve ter ficado no armário…
Meu coração começou a bater mais acelerado. Fosse verdade ou não, era minha deixa de poder olhar para aquele uniforme um pouco mais
- Aí, cara. Eu moro com um amigo meu, mas como ele é enfermeiro, esta noite ele está fazendo plantão no hospital, se você quiser, você entra e liga pra sua casa pra alguém abrir a porta pra você…
- O pior é que ninguém vai abrir a porta pra mim, eu tô sozinho em casa… e deu uma risada com o canto da boca, de um jeito sacana de macho.- Bem, então você liga pra delegacia, pede pra trazerem sua chave, ou se preferir, descansa um pouco até de manhã…
- Pô cara, sério mesmo? Valeu, hein
Eu podia era estar fazendo a burrada da minha vida. Eu nem sabia se aquele guarda era de confiança mesmo, e fui mandando entrar. Mal entramos, e ele me perguntou se podia usar o banheiro. Falei pra ele ficar à vontade…
Ele tirou o boné cinza, jogou em cima do sofá, e foi pro banheiro chacoalhando aquele cinto com coisas penduradas. Liguei a televisão e fiquei sentado no sofá, apreensivo, sem saber se tinha feito a coisa certa…Quando ele saiu do banheiro, estava segurando umas revistas na mão, e veio falando:
- Pô meu! Você e seu amigo sabem mesmo aproveitar a vida, né não?
Fiz uma cara de quem não estava entendendo nada quando ele jogou as revistas no sofá.Revistas de mulher pelada, revistas de anúncio de sexo e também revistas de homens pelados…
- Vocês parecem curtir de tudo, hein? Pra você e seu namorado não tem tempo ruim, você parecem trepar com qualquer coisa…
Eu comecei a rir. Estava com medo da reação dele, mas quis levar na brincadeira. “Agora fudeu tudo” – pensei. Não sei qual era o lance dele, mas comecei a falar:
- Não cara, o rapaz com quem eu moro não é meu namorado. Descobri agora o que ele faz quando eu não estou aqui…
- E você? – Perguntou o policial, segurando o cinto com as mãos, numa pose de quem tava a fim de arrumar confusão.
– Não é chegado numa pica não?
Fiquei sem saber o que falar. Meus olhos ficaram esbugalhados.
Eu queria dizer que sim. Mas não sabia o que ele queria que eu respondesse.Desviei minha cabeça do rosto dele, e comecei a olhar mais pra baixo, com ar de confuso. Fiquei ali, paradão, e o pior é que, sem perceber, meus olhos estavam olhando na direção do pinto dele.
- Quer saber de uma coisa – ele disse – eu não vou ligar pra lugar nenhum. Eu tô sacando que nesta casa tem um viado que precisa tomar um trato… 
Comecei a suar frio. A frase tinha um duplo sentido que me dava calafrios.
- Olha cara, não é nada disso que você tá pensando… eu falei, tremendo. Ele empurrou e apoiou minhas costas no sofá, colocou seu pé direito bem de frente para mim, alojou seu pé debaixo do meu saco, me levantando um pouco.Tirou o cinto e a arma, colocou em cima da televisão.- Fica de boa, cara, que tudo vai correr legal. Pensa que eu não saquei suas encaradas pro meu pau ?
Agora tu vai levar surra de rola…Nem tive tempo de respirar fundo, ele abriu sua calça e subiu no sofá. Eu mal consegui ver o pintão rosado que veio rápido na minha direção, e já foi socado na minha boca. Aquele caralho babava e latejava de tão duro…
- Ah seu viadinho… Ele falava – Agora você vai me fazer feliz…
Rápido, desceu do sofá, me levantou, puxando pelo braço e me mandou ficar de joelhos no chão.Tirou a camisa e, com o canto dos meus olhos, vi que o peito e o abdômen era coberto por muitos pêlos finos, que o deixavam mais másculo e viril. Segurava-me pelos cabelos e me forçava contra seu pinto enorme, mas eu mal conseguia engolir a cabeça daquela monstruosidade grossa.
- Não consegue engolir minha rola? Engole, cara! Vamos, que eu quero esporrar…
Ele me deixava sem ar de tanto que empurrava seu pinto em direção à minha garganta. Seu pinto babava tanto que escorria pela minha boca. Percebi que ele não ia parar enquanto não gozasse. O cara era um animal no cio…A cada baba que saía do pinto dele, eu achava que ele já estava gozando. Mas não.Quando ele gozou mesmo, o pinto dele inchou de tal forma que parecia que não ia mais caber na minha boca. E saiu muita porra daquele caralhão…Eu engasgava.Percebendo que eu não queria engolir, ele tentava forçar mais ainda o pinto dentro da minha boca. Lambuzou toda minha cara e a minha roupa. Caiu até na botina dele.
- Viado dos infernos! Sujou meu coturno…
Começou a puxar minha camisa.
- Vai, tira a camisa!
Limpou minha cara com a parte da minha camisa que estava limpa. Depois se afastou, e colocou seu pé em cima da mesinha de centro da sala.
- Agora vem, lambe, sua puta! Limpa meu coturno…Eu estava assustado. Eu sempre fui a fim de transar com um cara dominador. Mas o fato de ele ser um policial me deixava atordoado. Eu não sabia se era só cena, ou se ele podia querer acabar com a minha vida. Lambi a bota dele até tirar a mancha que havia. Ele permaneceu naquela posição. Nem sequer subira as calças.Não consegui me conter de curiosidade em ver o pinto dele pós-gozo. Fiquei mais uma vez espantado: o pinto dele ainda estava duro!
Ele percebeu meu espanto, e disse:
- Quer mais uma viadinho? Tudo bem, acho que eu tô a fim de gozar de novo mesmo… 
– Pô cara, pega leve. Pedi pra ele.
- Tira as calças, chegou a hora de dar um trato nesta bundinha…
O pior é que eu tava a fim daquilo, se no fim das contas fosse pra morrer, eu preferia morrer depois de ter experimentado daquela tora.Tirei meu sapato, e as calças. 
– Não tira a cueca não… ele ordenou.
Fiquei ali, só de cuecas, olhando pra cara dele, de pau duríssimo. Ele puxou o sofá até o meio da sala, e me levantou, me apoiando de bruços, na parte de cima do sofá. Pegou meus braços e puxou-os para trás, colocando uma mão sobre a outra e segurando meus punhos com sua imensa mão esquerda. Desviou minha cueca, apenas o suficiente pra expor meu cuzinho às suas vontades…
Tentando virar a cabeça para poder ver alguma coisa, apenas pude perceber que ele abaixou suas calças até os pés, e depois começou a se masturbar.Aquela expectativa de senti-lo dentro de mim me deixava extremamente aflito. Meu coração pulsava como se fosse sair pela boca…Ele se masturbava e passava a baba que saía do pinto dele no meu buraco.Impaciente, ele começou a cuspir na mão e lambuzava minha rosca com muito líquido, e socava o dedo, e meu pau doía de tão duro que estava.Posicionou a cabeçona no anel do meu rabo, e começou a mexer os quadris para frente e para trás. 
– Pô cara, assim não, assim você vai me arregaçar! Eu implorei.
- Cala a boca. Relaxa que entra. 
– Não meu, se for pra ser assim é melhor parar!
- Fica na sua, ô viadinho! Vai ser do jeito que eu gosto! Não do jeito que a madame quer.
E ele forçou, até que meu anel quase rasgou de tanta carne que entrava em mim, de uma só vez.Eu comecei a gritar de dor. Ele tampou a minha boca com aquela mão que mais parecia um cacho de bananas.
- Calma, rapaz, calma que agora eu que vou te fazer feliz…
Eu tentava me masturbar, mas ele segurava firme as minhas mãos:
- Não vai por mão no pinto, não. Você é minha mulher, esquece que tem pinto!
E ele socava cada vez mais forte. Aquilo me queimava por dentro. Parecia que aquele caralho vinha até a barriga.
- Cara, como é bom arrombar um cuzinho! Ainda bem que achei um esta noite…
Era muito bom sentir aquele policial dentro de mim.Mas eu achava que ia desmaiar. E estava morrendo de medo de gozar no sofá, o meu amigo ia chegar e ver o sofá dele todo esporrado. Num determinado momento, ele soltou as minhas mãos, e me levou até o chão, me deixando de quatro. Segurou a minha boca com as duas mãos enquanto socava seu pinto imenso dentro de mim. Foi quando senti meu rabo ainda mais dilacerado com o pinto dele latejando, e ele tirou sua rola de dentro de mim quase me rasgando devido ao tamanho da cabeça.
Chegava a escorrer o esperma. O pau dele ainda saiu de dentro de mim esporrando um pouco.Ele sentou-se no chão, com o pinto ainda pingando porra.
- Meu, que loucura cara! Eu nunca fiz isso na minha vida. – Disse ele. 
– Meu, foi mal! Fiquei cego de tesão.
Eu sentei de frente pra ele, mal conseguindo encostar a bunda no chão.
- Eu que o diga, você me assustou.
- Ah meu, vai dizer que você não curtiu? Fez cara de macho sacana de novo…
- Vou levar um mês pra voltar ao normal, mas acho que valeu a pena… E comecei a rir.

- Acho que nem vou dormir, daqui a pouco amanhece. Aí eu passo na delegacia e pego a chave, vou estar de folga mesmo. Acho melhor a gente dar um trato na sala senão seu amigo vai ficar puto com você…- Beleza…
Depois deste dia, a gente ainda se encontrou algumas vezes, só que na casa dele… Mas as coisas começaram a rolar mais pacificamente. Acabou virando uma amizade legal. Não virou namoro porque ele era noivo. Depois que se casou, não rolou mais. Ficamos só na amizade.

Cafuçu

Cafuçu cacetudo mostrando a rola no banho

quarta-feira

Técnico de eletricidade

Chay narrando
Uma época tive problemas com a eletricidade da casa onde eu morava e resolvi consultar uns amigos pra me indicarem um eletricista que fosse “bom e barato”. Me indicaram um, o Micael. Mandaram-no ir a minha casa pra acertar os detalhes do serviço. Veio num sábado de manhã e eu tinha acabado de acordar e na época eu estava de férias. Tocou a campainha, fui atender e lá estava Marcão no portão com um sorrisão no rosto. Um baita negão, daquele tipo forte e rústico com uma cara de safado… O atendi de short e camiseta o que realçava minha bunda saliente. Não pude deixar de examinar o negão dos pés a cabeça, claro, sem que ele percebesse. E o macho devia ter uns 24 anos, braços e pernas grossos, aquele baita volumão na calça, entre as pernas. O convidei pra entrar, ele entrou. Mostrei o que tava precisando ser consertado e ele fez o orçamento. Nesse dia eu estava no cio e um negão daqueles chegou de manhã pra me deixar mais assanhado ainda. As vezes eu me abaixava pra pegar alguma coisa no chão de propósito só pra empinar minha bunda pra ele ver e aquela cara de safado dele não negava que o negão traçava o que viesse. Ofereci um café e tomamos, e eu olhando pra ele com cara de excitação como se o estivesse convidando pra me comer… Bom, ele fez o orçamento e me disse que se eu quisesse ele faria o serviço naquele dia mesmo, bastava eu dar o dinheiro que ele compraria o material todo pro conserto. Dei o dinheiro, ele saiu e voltou em mais ou menos uma hora. Começou o conserto… Ele trabalhando e conversando comigo. Falamos de tudo, inclusive ele contou que tinha namorada e queria casar e ter filhos, eu disse que não tinha vontade de casar. Aquele baita negão na escada mexendo nos fios e eu admirando o corpão do macho. Que pernas grossas e que mala enorme. Fiquei no cio… Terminado o conserto eu resolvi testar se todos os aparelhos estavam funcionando e ele disse que ia ao banheiro. Resolvi arriscar: Coloquei um filme pornô gay (na TV da sala) em que um negão traçava um branquinho vorazmente.Não deu outra: Ele voltou do banheiro e viu a TV ligada passando aquelas cenas loucas de sexo gay. Me perguntou:
- Você curte isso?
- Sim e você?
- Sinceramente, já comi travestis e gays, porque adoro um cuzinho, mas dar eu não dou não dou nem que me pague um milhão. Meu negócio é só comer, não beijo homem, só me interessa o cú pra eu meter.
- Bom, se você estiver interessado, eu tô aqui! (Ele apertou o saco e arrumou o pau na calça, que já estava endurecendo)
- Cara, quando pego um cú eu castigo, e já faz mais de um ano que eu não sei meter num cú, e minha namorada odeia dar o cuzinho.
Num impulso louco de tesão eu perguntei : Posso pegar no teu pau?
Ele respondeu: Só se você terminar o serviço. Se é que você me entende…
E eu respondi: Claro!
Tranquei a porta, com o corpo queimando de tesão,e já fui com a mão no volume do negão. Enchi a mão. O pau já latejava e eu apertando ele. Me ajoelhei aos pés do Mica e ele abriu as pernas. Abri o zíper e tirei aquela tora negra, já com a cabeça melada de tesão , no mínimo 22 centímetros, muito grossa e a cabeça nem se fala,parecia um cogumelo, o saco parecia o de um cavalo, preto, raspado com aquelas bolas enormes. Lambi e chupei as bolas , depois fui subindo, lambendo o pau até chegar à cabeça. Por fim ,chupei o cabeção roxo igual um pirulito que mal cabia em minha boca e engoli o pau até onde eu pude. Ele inclinava o corpo pra frente gemendo de prazer e disse: OLHA PRA MIM ENQUANTO ME CHUPA, QUE FICO LOUCO DE TESÃO! E eu ali ajoelhado, mamando a jeba preta enorme e olhando pra cara de safado do negão. Ele tirava o pau da minha boca, esfregava e batia com ele na minha cara. Ele falou:
- Gosta de surra de pica na cara, safadinha? - Bateu aquela pica na minha cara. 
- TOMA SURRA DE PICA NA CARA QUE DAQUI A POUCO VOCÊ VAI LEVAR NO CU. Empurrou o pau na minha boca e bombou segurando minha cabeça.
-  ME LEVA PRO TEU QUARTO QUE QUERO RASGAR ESSE CU NA MARRA.
Puxei ele pelo braço e levei pro quarto. Me coloquei de quatro na cama só de tapa-sexo com a bunda bem empinada e as pernas abertas à beira da cama (Tinha lubrificante em casa, mas como adoro ver um macho cuspindo na pica e no meu cu, não usei).
Ele em pé no chão começou acariciando minha bundona e dando tapas leves e dizendo:
- Que rabão delicioso! Tá pronto pra levar no cú?
Eu gemendo de tesão disse que sim.
Ele disse: Tem Lubrificante?
- Não! Cospe na pica e no meu cuzinho.
Ele abriu meu reguinho e cuspiu bem no buraquinho e enfiou um dedo, girou, depois o outro e eu gemendo sem parar.
-  Isso é só o dedo. Quero ver quando entrar meu pau.
Posicionou o pauzão quente na entrada do meu cu e começou a empurrar o cabeção.
Parecia que estava me rasgando aquela cabeça enorme e quente e ele teve o cuidado de por devagar pra não machucar.
- Ta gostando de sentir o cabeção latejando no rabinho?
- Tô ADORANDO! 
Foi empurrando e bombando até que entrou tudo. Eu de quatro na cama e ele em pé no chão metendo.
Me segurou pela cintura e começou a bombar forte e firme no meu cu e eu gemendo vendo no espelho da parede meu cu branquinho sendo invadido pela jeba preta. Ele bombava e as bolas batiam na minha bunda estalando pela força e velocidade das estocadas.
Ele>> VOCÊ ME PROVOCOU AGORA ENGOLE TUDO NO CU. AH QUE DELÍCIA! TEU CU TÁ PEGANDO FOGO! TA QUEIMANDO MEU CARALHO! AGUENTA QUE LÁ VAI ROLA.
Eu >> METE MEU NEGÃO PICUDO! NÃO PARA, QUE TÁ GOSTOSO.
E ele metia vorazmente, suado e com fome de cu.
Bombou, bombou, bombou, dando estocadas firmes por mais uns cinco minutos até que senti o pau inchar e ele dizendo: “AHHHHH, UHHHHHHHH, VOU GOZARRRRR NESSE CU GOSTOSO!”. E vários jatos de porra em seguida encheram meu cuzinho e gozei loucamente sentindo o pauzão pulsando dentro.
Ele tirou o pau e caiu na cama se deliciando da sensação de prazer.
Ele>> “NOSSA! NUNCA TINHA METIDO TÃO GOSTOSO NUM CU ASSIM, VOCÊ SABE MESMO DAR ESSE RABO!
Continuou deitado olhando pro teto e pensando por uns cinco minutos. Foi ao banheiro e voltou. Deitou de novo olhando pro teto mais uns minutos e eu do lado. Comecei a acariciar o cacetão e já começou a endurecer.
Ele >> JÁ QUER MAIS ROLA, NÉ, GULOSO? VOCÊ É O TIPO DE PUTINHA QUE ADORO FUDER.
Eu>> ENTÃO, VEM QUE MEU CUZINHO TÁ PRONTO PRA OUTRA.
Ele >> DE QUATRO JÁ PRO SEU MACHO SOCAR A ROLA.
Percebi que ele é o tipo do cara dominador que só quer o parceiro de quatro…
Fiquei de quatro e aí foi mais uma meia hora levando aquela vara preta enorme no cu e ouvindo ele falar palavrões excitantes, metendo forte, firme e profundo , enquanto eu me acabava de gemer sentindo a tora negra me alargando o rabo.
De novo ele urra de prazer gozando e enchendo meu buraquinho de esperma quente…
Trocamos telefone. Ele se vestiu e foi embora dizendo que assim que tivesse um tempo me ligaria pra marcar outra foda, e vez em quando nos encontrávamos num sexo selvagem.


Rommeo Hotel - Sauna

    Endereço: R. Meton de Alençar, 622 - Centro, Fortaleza - CE, 60035-160
    Telefone:(85) 3017-3389

terça-feira

GP DONI FERRO

ATENDO MULHERES e AMIGOS, CASAIS, HOMOSSEXUAIS de Teresina, Parnaíba, Luiz Correa, Timon e região próxima. BUSCO VOCÊS para juntos vivermos deliciosos e INESQUECÍVEIS MOMENTOS de MUITO SEXO e PRAZER! QUERO REALIZAR TODAS AS SUAS FANTASIAS, TARAS, DESEJOS e MUITO mais. Tudo isso com muita discrição, segurança, respeito e sigilo absoluto. EU GARANTO A VOCÊ, é TOTAL DESCRIÇÃO Sou um Macho ativo discreto e sigiloso. Características: Sou branco, 1,66m, 61 kg de peso, corpo legal e definido devido atividades físicas diárias, corpo atlético, jovem de boa aparência. 25 anos de idade, 17cm de pau grosso, duro, bem cabeçuda de cor rosa, e é gostoso. Saudável (sexo só com camisinha), higiênico (depilado e cheiroso).


Porque o sexo é Divertido - Discovery Channel

O prazer sexual é uma das experiências mais apreciadas e mais significativas para o homem. Mas o orgasmo é um mistério científico ? e a atriz Maggie Gyllenhaal apresenta uma verdadeira investigação sobre ele. Nos homens ele ajuda a expelir esperma ? mas, nas mulheres, seu papel é desconhecido. Há quem ache que ele é apenas um bônus, enquanto outros julgam que ele tem algum papel na concepção. Imagens obtidas a partir de técnicas sofisticadas em imagens de registro da fisiologia humana e o acompanhamento por cientistas do percurso do esperma até as trompas de Falópio sugerem que o orgasmo é algo extremamente sofisticado ? um guia para a escolha do parceiro, selecionar DNA, e até ajudar a fertilizar os óvulos mais adequados no momento mais apropriado.





 




http://padraohomemgay.blogspot.com.br/
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

cpx24